pteneofrdeites

O Riocentro, na Barra da Tijuca - maior centro de convenções da América Latina - foi palco do MEDNESP 2017, maior evento de medicina e espiritualidade do mundo. O Congresso de Saúde e Espiritualidade da Associação Médico-Espírita Carioca (AME-Carioca) teve como tema central "Ciência, Saúde e Espiritualidade: Construindo Práticas e Desenvolvendo Saberes" para um público superior a 2000 pessoas.

Realizado pela primeira vez no Rio de Janeiro, o evento, tendo como público alvo, médicos, demais profissionais de saúde, espíritas e interessados no tema, aconteceu de 14 a 17 de junho último, comemorando os 20 anos da AME-Brasil. O encontro realizou-se em seis auditórios simultaneamente, com mais de 120 oradores se revezando, discutindo os avanços na área de saúde e espiritualidade a partir de suas práticas, através de conferências que abrangeram a psicologia transpessoal de Joanna de Ângelis, homeopatia, prevenção do suicídio, dependência química e cuidados paliativos, desenvolvendo os saberes necessários a uma nova ciência.

O congresso foi transmitido - via internet para todo o mundo, com mais de quarenta mil acessos. Os vídeos com todas as palestras podem ser adquiridos no site www.mednesp2017.org.br onde há um link especial para esta finalidade.

Com uma grande participação acadêmica, o Seminário Internacional de Consciência, Saúde e Espiritualidade contou com a presença de renomados pesquisadores internacionais e nacionais como Olfa Hélene Mandhouj (França/Suíça), Chris Roe (Reino Unido), Giancarlo Lucchetti (UFJF), Mario Peres (UNIFESP), Alexander Moreira Almeida (UFJF) e Leonardo Machado (UFPE).

Com o casal Nelson Tavares e Jéssica de Sena como mestres de cerimônia formou-se a mesa de abertura com a presença de representantes da Federação Espírita Brasileira (FEB), AME-Brasil, AME Internacional, AME Carioca e CREMERJ e todos de pé ouviram a execução do Hino Nacional. A sublime apresentação musical de Anatasha Meckenna emocionou a todos e preparou a ambiência para a esperada conferência de abertura pelo orador baiano, Divaldo Pereira Franco.

Divaldo abordou a ciência e a religião ao longo dos séculos. Com a conquista da inteligência humana, era necessário que a ciência se libertasse da intolerância religiosa. E é nesse período que é proposto que a investigação científica fosse separada da tradição religiosa. Uma filosofia superficial leva o pensamento do homem para o materialismo. Uma filosofia profunda leva-o à verdadeira religião. Era necessário que a ciência partisse para o campo da investigação. Desta maneira, esse congresso da Mednesp, continuou Divaldo, é uma das mais belas demonstrações do apoio da ciência nova com a velha religião, agora desmistificada. E que nós possamos comandar a nossa vida, como asseverava Einstein, por volta de 1905, ao apresentar a Teoria da Relatividade no tempo e no espaço. Vivemos em um universo de ondas, de mentes, de vibrações de pensamentos, exatamente o que Emmanuel assevera, em uma das obras de André Luiz, que nesse mundo de ondas, de mentes, de vibrações intercambiamos idéias, sentimentos, projetamos paz, saúde, bem e mal-estar. E Allan Kardec na sua faculdade notável, no Livro dos Médiuns, capítulo 23, fala da contribuição do espiritismo à ciência médica, ao informar que a maioria dos pacientes que se encontravam em hospitais de alienados estava sob o efeito de obsessão.

Franco foi aplaudido de pé, recebendo o carinho da multidão que lotava o auditório Marlene Nobre. Assim foi encerrado o primeiro do MEDNESP.

Nos três dias seguintes, numa verdadeira maratona de estudos, o público pode participar de grandes conferências, inclusive com o jornalista André Trigueiro que falou em duas conferências magnas (segundo e último dia). Muito concorrida foram as sessões de autógrafos, com lançamentos literários. O terceiro dia foi encerrado com uma linda homenagem do professor Cesar Reis ao saudoso Jorge Andréa dos Santos e a apresentação musical do tenor Alex Donati.

Destaque ainda para os estandes montados para a venda de diversos produtos e serviços, além dos livros e DVDs, da presença do CVV, da ONG Fraternidade Sem Fronteiras, do Comitê de Cidadania pela Vida sem aborto, além de outros.

Parabéns aos organizadores, trabalhadores, voluntários e participantes que fizeram deste congresso um marco cultural da cidade do Rio de Janeiro e que contou com uma participação expressiva da espiritualidade que enviou algumas mensagens, inclusive do Dr. Bezerra de Menezes, patrono espiritual das AMEs e, consequentemente, do encontro. O próximo MEDNESP será na cidade de Teresina-PI, em 2019.

Compartilhar

Eventos

Mala direta

Deixe seu nome e email e receba nossas mensagens gratuitamente em seu email.
Nome*
O nome é necessário!

E-mail*
Email inválido!

Vídeos

Login

Ouça a Rádio Rio de Janeiro

Topo Cron Job Iniciado