pteneofrdeites

Mais Populares

Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2015

Sobre o autor

Pedro Valiati

Pedro Valiati

Alerta aos trabalhadores Espíritas

Diante dos gravames do mundo, onde as tormentas se acumulam, recordemos o Mestre nos instantes de crise:

  • Á frente da mulher da Samaria, oferece a água da vida
  • Enquanto pregava, curava a mulher hemorroíssa
  • Preso, advertiu Judas, o apóstolo precipitado
  • Ao percurso do calvário, abençoava
  • Nas refregas da Cruz, arrebanhava infelizes
  • Ao sofrer a estocada final da lança, jorrou o sangue a curar o soldado que o ferira fatalmente

Assim se passa a via-crúcis humana, no embate, contra si próprio. No árduo desafio de contrariar as tendências infelizes acumuladas nas reencarnações e experiências vividas.

Se tal combate se torna difícil para vós, conhecedores das páginas do Cristo e Kardec, vislumbremos as possibilidades daqueles que enfrentam as dores do mundo sem tal suporte, são exatamente estes que cruzam diuturnamente as portas desta casa.

    Na recepção, olhai nos olhos dos irmãos que se achegam. Por vezes observamos que os irmãos a serem atendidos falam, enquanto os que deveriam acolher, anotam um papel ou buscam outras atividades em paralelo. Dentre os que aportam às casas espíritas, muitos consideram-se preteridos na vida, em segundo plano, como a mulher da Samaria, abandonada pelos maridos. Ofereçam-lhes, já no primeiro contato, as gotas da água da vida, mostrem o acolhimento. Trata-se muito mais de uma questão de hábito, devido a correria da vida, do que propriamente, ausência de caridade.
  • Nas preleções, olhai nos olhos das pessoas, ofereçam o de melhor, rogando as benções de Deus a todos.
  • No passe, envolvam o irmão com o coração em amor e pensamento em sintonia, focados na tarefa, para que o atendido sinta-se amado e amparado.
  • Nos grupos de estudo, espalhem o conhecimento suportado pelo amor vivo nos ensinamentos os quais preenchem a alma. Os alunos, sendo apresentados a Doutrina renovadora, serão os naturais divulgadores, se assim sentirem-se tocados. Levem os ensinamentos e esforcem-se por cobrir as arestas geradas pelas dúvidas, naturais da vida. A Doutrina Espírita é atual e absolutamente capaz de reunir as condições de reflexão a todos.
  • E, finalmente, diante das estocadas dos companheiros que esquecem-se das respectivas responsabilidades ou, invigilantes, adentram-se pelas portas da inveja e melindre, preenchei-os das rogativas da paz do Cristo, abençoando-os . Revide e/ou exclamação do mal não são aceitáveis aos que se dizem seguidores do Mestre.

Nos instantes de dificuldade maior, observai o Mestre.

Dá de Ti e vai além das portas desta casa. Quantos não estão, nesse momento, padecendo dos sofrimentos do corpo? Carentes do pão da palavra? Chega a ser incoerente que um trabalhador de uma casa de fraternidade resgate o abandono, ao sair da atividade espírita.

Somos irmãos! Dentro e fora da seara cristã. Coloquemos, sim, os nomes em vibração, promovamos as ações de desobsessão, são absolutamente válidas! Mas avancemos rumo aos sofredores, abracemo-nos, visitemo-nos, preocupemo-nos uns com os outros, enviemo-nos mensagens de apoio e acolhimento, coloquemo-nos à disposição. Dá de ti, sempre.

Já imaginaram se os mentores só nos fizessem companhia durante as atividades desta casa?

Refletimos, se a jornada do Cristo terminasse após os sofrimentos da cruz.

Dá de ti. Um irmão da nossa seara perdido na sofreguidão do mundo é uma derrota pessoal a cada um de nós, trabalhadores da respectiva casa. Sejam reconhecidos por muito nos amarmos (Kardec).

Portanto, compreendei e dá de ti.

  • Quando virdes os sedentos da palavra, dá de ti e recorda as bem aventuranças.
  • Dá de ti e jogai o bálsamo do amor a remover as chagas da alma que invadem e desesperam.
  • Dá de ti e sejais o porto seguro, confiante em Deus, daqueles que fraquejam nos propósitos ou provas da vida. Mantendo a disciplina de pensamentos e sentimentos.
  • Dá de ti e perdoa, sem comentar, os que te ferem. Esses são as oportunidades de viver a caridade e a fé.

O amor do Pai e a providencia dos anjos nos darão o apoio e respaldo, sempre. Confiemos e contemos com a providência divina, pois , da mesma forma, Deus confia em todos. De outra forma, não nos estaria confiando as atividades de dimensões desconhecidas na divulgação e implantação do Reino de Deus na Terra.

Diante dos sofredores, doai a tua capa, para que a tarefa seja cumprida, andai ainda mais dois mil passos, e, incansavelmente, dá de ti.

Compartilhar

Vídeos

Mala direta

Deixe seu nome e email e receba nossas mensagens gratuitamente em seu email.
Nome*
O nome é necessário!

E-mail*
Email inválido!

Login

Topo Cron Job Iniciado