pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Julho 2017
Compartilhar -

A impaciência é a incapacidade de não saber esperar, de desejar que as coisas aconteçam para ele em tempo recorde. O impaciente costuma, no trânsito, buzinar sem parar como se acreditasse que a sua buzina possuísse o poder mágico de abrir caminho em meio do congestionamento. Nos restaurantes, o impaciente fica agitado com a demora de ser servido, grita, comporta-se indelicadamente como se ele fosse a única pessoa que está esperando o alimento. Nos espetáculos teatrais e nos shows assovia e grita para que a sessão tenha início na hora marcada.

O pior momento do impaciente acontece quando ele sofre uma dor qualquer. Não sabe esperar nem mesmo o tempo necessário para que as medicações surtam efeito. Chora, reclama, blasfema transformando a vida das pessoas que estão a seu lado em um verdadeiro inferno. Acha que só ele sofre e que a sua dor é maior do que a dor das outras pessoas. A sua impaciência é tão grande que pode, em um hospital ou casa de saúde, perturbar os outros doentes. 

Assim, o impaciente, principalmente o que possui dinheiro e poder se torna um verdadeiro tirano para os que trabalham para ele. Seus empregados não o amam, o temem, e estão sempre estressados e ansiosos por causa de não conseguirem agradar um homem que possui tal nível de exigência.

Na família, a pessoa impaciente também é detestável. Tudo quer a tempo e à hora mesmo que sejam coisas pequenas como esperar alguém que está no banheiro do qual ele quer se servir, terminar as suas necessidades, ou pelo fato da esposa ter salgado um pouco mais o feijão ou ter deixado queimar ao arroz. Exige que os filhos o atendem exatamente na hora em que são por ele convocados. E assim por diante.

Vamos deixar aqui como conclusão uma mensagem sobre a paciência que nos foi dada por um espírito amigo na cidade de Havre, em 1862:

 

A Paciência

A dor é uma bênção que Deus envia a seus eleitos; não vos aflijais, pois, quando sofrerdes; antes bendizei ao Deus onipotente que, ela dor, neste mundo vos marcou para a glória do céu. 

Sede pacientes. A paciência também é uma forma de caridade e deveis praticar a lei da caridade ensinada pelo Cristo, enviado de Deus. A caridade que consiste na esmola dada aos pobres é a mais fácil de todas. Outra há, porém, muito mais penosa e, por conseguinte, muito mais meritória: a de perdoarmos os que Deus colocou em nosso caminho para serem instrumentos de nosso sofrer e para nos porem à prova a paciência.

A vida é difícil, em o sei. Compõe-se de mil nadas, que são outras tantas picadas de alfinete, mas que acabam por ferir. Se, porém, atentarmos nos deveres que nos são impostos, nas consolações e compensações que, por outro lado, recebemos, havemos de reconhecer que são as benções muito mais numerosas do que do que as dores. O fardo parece menos pesado, quando se olha para o alto do que quando, para a terra, se curva a fronte.

Coragem, amigos! Tendes no Cristo o vosso modelo. Mais sofreu ele do que qualquer um de vós e nada tinha de se penitenciar, ao passo que vós tendes a expiar o vosso passado e de fortalecer o vosso futuro. Se, pois, pacientes, sede cristãos. Esta palavra resume tudo.1


1 O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. IX p.163

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado