pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Dezembro 2016

Sobre o autor

Djalma Santos

Djalma Santos

Compartilhar -

       Beba com ansiedade e sofreguidão a água do conhecimento espiritual, porque é ela que lhe dará a estrutura rígida de que necessitará; a fim de que possa atingir os mais altos patamares da espiritualidade superior, saindo em tempo recorde desse vale de lágrimas que é esse Planeta de Provas e Expiações, que na sua essência é neutro, dando aos seu moradores exatamente o de que eles necessitam, sem escolher ninguém em particular para sofrer ou ser feliz, e sim, deixando que cada um de nós construa o seu próprio destino, usando, é claro, do Livre Arbítrio doado por Deus. É por meio desse mecanismo de opção voluntária que escolhemos as nossas provas, e certamente o nosso próprio destino. A vida é um eterno processo de escolhas: escolhemos todos os dias, e vive melhor e feliz quem aprende a escolher.

       O Universo infinito de Deus é o laboratório divino, em que são criados os espíritos imortais incessantemente, uma espécie de berçário, onde paternalmente o Criador cuida de seus filhos, juntamente com assessores diretos e ligados ao seu amor, em todos os sistemas da eternidade e mundos da vida universal, apresentando a casa do pai como uma escola de aprendizado contínuo, destinada à evolução de todos os seres e de todas as coisas. Criados simples e ignorantes, os espíritos iniciam suas jornadas evolutivas, sem qualidades intelectuais ou morais, sem experiência e sem conhecimento da vida, mas ao mesmo tempo, sem nenhuma imperfeição.

       A criação divina vem de toda a eternidade. E exatamente por isso temos espíritos mais idosos que outros; e ao mesmo tempo uns já alcançaram a perfeição, enquanto outros estão ainda no início da jornada, na direção do infinito de Deus. Durante essa caminhada árdua na busca da felicidade, o espírito imortal passa por dores, sofrimentos, aflições, lutas, provações e expiações, como resultado de sua atividade no campo do bem ou do mal. Mas também pode gozar de alegrias e felicidade, quando se ajusta às Leis Divinas que regem a vida cósmica, cumprindo com seu dever diante de Deus e dos homens.

           A bênção do prêmio pelo mérito de cada um, assim como a punição imposta àqueles que se desviam do caminho reto, estarão sempre presentes, junto a todos os espíritos que retornam à Terra através das reencarnações, ainda rebeldes, desobedientes, coléricos, maldosos, prepotentes, autoritários, perversos e cruéis, como também mentirosos, maledicentes, ciumentos e falsos. Em nenhum momento da vida do espírito, ele ganhará gratuitamente privilégios especiais ou mordomias, sem que tenha conquistado com o seu próprio esforço, os prêmios ou títulos que podem ser alcançados; e é perfeitamente normal, que a partir da fé, coragem e determinação, cada um possa crescer, superar e transcender todos os obstáculos e chegar ao verdadeiro destino que é a iluminação.

       Em todas as faixas vibratórias do Universo infinito de Deus, desde os mundos mais primitivos aos mais elevados, e em todas as frequências eletromagnéticas espirituais, circundam as casas planetárias, em que a voz do criador, o trabalho e o aprendizado constante, indicam ao homem terreno o caminho da evolução incessante. Os espíritos que já alcançaram a elevação espiritual, trabalham com alegria e felicidade pela recuperação e melhoria dos espíritos inferiores, assim como para minimizar as dores e sofrimentos dos atrasados moralmente, impulsionando-os na subida difícil da elevação moral, a fim de que possam, com o tempo, conquistar os valores eternos da vida universal.

       Os espíritos chamados de inferiores, trabalham só a assistência dos irmãos maiores, mais iluminados, que se dedicam em tempo integral, na recuperação daqueles que estão estacionados em faixas sombrias da retaguarda da vida, formando um elo de amor universal que parte de Deus, sob o comando indiscutível de Jesus, o Governador da Terra, e ao mesmo tempo, o maior dispensador de bens eternos do mundo. Muitos espíritos são missionários aqui na Terra, e reencarnam com a missão de impulsionar espíritos atrasados na marcha evolutiva, e muitos deles sofrem por não serem compreendidos, passando por dificuldades que só mesmo uma alma devotada ao bem conseguiria passar.

       É muito comum os comentários a respeito das dores e sofrimentos experimentados por milhares de pessoas que apresentam deformações físicas, inibições, e distonias mentais, como sendo um castigo divino, sem nenhuma necessidade, pois já nasceram assim, mas o que acontece é que a justiça divina é justa e soberana, com toda a grandeza de Deus; somente reajusta as consciências culpadas,dando a cada um o remédio de que necessita para o equilíbrio voltar a reinar, não havendo por parte do Criador nenhuma parcialidade ou isenção e sim uma justiça real e certeira para os infratores das Leis Divinas que regem a vida cósmica . A justiça Divina, por isso mesmo, dispõe de sábios departamentos para relacionar, conservar, comandar e engrandecer a Vida Universal, pautando tudo pela magnanimidade do mais amplo amor e da mais criteriosa justiça.

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado