pteneofrdeites
Compartilhar -
O projeto tem como objetivo entreter o público surdo e ao mesmo tempo ensinar LIBRAS para os ouvintes, tendo em mente representatividade e inclusão.
“A realidade das crianças surdas é que elas não têm um entretenimento para que possam simplesmente sentar e aproveitar”, alerta Paulo Henrique Rodrigues, animador e idealizador do desenho. Ele reconhece que atualmente o governo tem prestado mais atenção aos produtos criados através de editais, exigindo a existência da opção de legendas e intérpretes de janela para o público surdo. Entretanto, antes de aprender a ler, crianças mais novas não conseguem acompanhar legendas, ou então devem dividir sua atenção entre as duas coisas: a ação do intérprete de janela e a ação do desenho.

30688467 171802276813061 5762348645114445824 n 300x300Dentro deste cenário, Min e as Mãozinhas é um desenho inteiramente em LIBRAS com o objetivo de ensinar esta que é a segunda língua oficial do Brasil. Com isso, o desenho permite que as crianças surdas simplesmente aproveitem as aventuras da Min, a personagem principal, que é surda, ao mesmo tempo que ensina vocabulário de LIBRAS para o público ouvinte.

“Por ter uma personagem principal surda, as crianças surdas serão representadas por ela e as crianças ouvintes terão contato com a realidade dos surdos, abrindo desde cedo os olhos para como é a vida de mais de 9,7 milhões de brasileiros”,

O desenho segue a história da Min, uma garota surda que se comunica através da língua de sinais, e através do seu dia a dia o público pode ter contato com o cotidiano de uma pessoa surda, e descobrir algumas curiosidades, como por exemplo, como funciona uma campainha para surdos.

Paulo Henrique tem a proposta de mostrar a Língua de Sinais como um idioma que supera as barreiras de comunicação, ao invés de uma língua para superar deficiências pessoais. “O Elefante fala a língua do elefante, o Gato fala a língua do gato, e assim ninguém se entende. Mas LIBRAS é a solução para eles. Com o aprendizado dessa nova língua, eles conseguem se comunicar sem medo e ficar cada vez mais amigos, em uma sociedade mais compreensiva e inclusiva. ”

O projeto está em fase de produção. Terá inicialmente uma temporada de 13 episódios, e futuramente a criação de material didático, para ser utilizado na alfabetização de surdos e ouvintes, visando uma educação básica unificada.

Enquanto isso, o projeto pode ser acompanhado pela internet na página www.facebook.com/mineasmaozinhas

Fonte: Site Surdosol
Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado