pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Junho 2017
Compartilhar -

Dr. Paulo César Fructuoso esteve no sábado, dia 25 de março de 2017, no Centro Espírita Joanna de Ângelis - Barra (CEJA-Barra) - Avenida Gilberto Amado, 311, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro -, onde ministrou palestra falando de sua mais recente obra: "Alienígenas ou Médiuns?", para um público em torno de 600 pessoas.

Na sexta-feira, dia 7 de abril compareceu ao Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro - CREMERJ, na Praia de Botafogo, 228 - Loja 119, Rio de Janeiro, continuando a divulgação de sua quarta obra, desta feita para os acadêmicos de medicina.

Fructuoso que já possui outros três livros editados pelo Lar de Frei Luiz: A Face Oculta da Medicina, Espíritos Decaídos Materializados e Reflexões Espiritualistas e Científicas de um Médico continua contando em "Alienígenas ou Médiuns?" sobre suas experiências há quatro décadas, conforme nos fala André Trigueiro no prefácio: "Como saber se uma obra intitulada ´Alienígenas ou Médiuns?´ merece credibilidade? A resposta é simples. Verifique quem é o autor".

"Paulo Cesar Fructuoso fez da Medicina o ofício de uma vida. Médico, cirurgião respeitado, concilia seus compromissos médicos residentes na UERJ, onde atua, e ainda aos alunos da Escola de Medicina Souza Marques, onde é professor. Paulo Cesar integra algumas das mais importantes entidades classistas de seu meio profissional como o Colégio Brasileiro de Cirurgiões, além de ocupar a Cadeira nº 9 da Academia Brasileira de Médicos Escritores (Abrames)". 

"Mas há algo curioso nessa trajetória, continua Trigueiro: Nascido em um lar onde os fenômenos mediúnicos ostensivos ocorriam com frequência com seu pai, Eduardo Fructuoso (desencarnado no início de abril aos 92 anos), médium vidente, clariaudiente e de efeitos físicos, Paulo Cesar aprendeu desde cedo a lidar com naturalidade com esses assuntos graças ao estudo sistemático da Doutrina Espírita e as instruções recebidas por profundos conhecedores do assunto no Lar de Frei Luiz, situado na Cidade do Rio de Janeiro. A Instituição Kardecista que já foi presidida por um dos mais competentes e respeitados Secretários Municipais de Saúde de nosso país, Ronaldo Luiz Gazolla tornou-se uma segunda casa. É lá que o autor deste livro vem participando há quarenta anos de seletas reuniões em que pacientes graves, ultrapassando a casa dos milhares, são atendidos por médicos desencarnados que se materializam no nosso meio às custas da misteriosa energia ectoplasmática extraída de poderosos médiuns de efeitos físicos. Devo dizer que eu próprio pude participar certa vez de uma dessas reuniões, tornando-me mais uma testemunha do fenômeno".

"O fato de tais relatos parecem chocantes ou inacreditáveis para alguns não anula o mérito de investigadores sérios que ao longo da história do espiritismo investigaram rigorosamente e sem preconceitos o que se passa, eliminando um a um todos os riscos de fraude ou mistificação".

"Uma das grandes contribuições de Paulo Cesar para a boa ciência - aquela que investiga os fenômenos naturais de forma isenta e desapaixonada - se observa na forma como tenta conciliar os conhecimentos da Medicina com a realidade espiritual. Desassombrado, Paulo Cesar se expôs publicamente em suas obras anteriores quando apresentou seus testemunhos e os resultados de seu trabalho, submetendo-o ao crivo dos colegas acadêmicos".

"(...) Paulo Cesar investiga aspectos pouco comentados ou valorizados sobre a biografia de gênios como Leonardo da Vinci, Albert Einstein e Nikola Tesla. O cirurgião fundamenta suas hipóteses com referências bibliográficas que abrangem as mais variadas áreas da ciência, história, filosofia e religião que certamente servirão como guia àqueles que desejarem aprofundar suas próprias investigações".

"Observem o que escreve o autor nas páginas finais do livro: `Poderia dar as costas a tudo isto e seguir uma vida comum, mas não consigo resistir a algum tipo inexplicável de atração pela busca de respostas, e por mais que tente desistir me vejo obrigado a pesquisar, analisar, ler, meditar e acima de tudo escrever sobre minhas reflexões, conclusões e suposições`", conclui André Trigueiro.

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado