pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Outubro 2018
Compartilhar -

André Marinho, filósofo, escritor e ator, que dedica-se há anos ao estudo das religiões, especialmente do Cristianismo (sua teologia e história) e do Espiritismo, lançou no domingo dia 26 de agosto de 2018 no Centro Cultural João XXIII (Rua Bambina, 115, Botafogo, Rio de Janeiro) seu primeiro livro - "Quem foi Jesus? Uma Análise Histórica e Ecumênica", editado pela Lachâtre

Com a presença de Brunilde Mendes do Espírito Santo, que tem em André Marinho, um filho do coração, o evento contou com cerca de 120 pessoas, o que proporcionou uma calorosa e extensa fila de autógrafos com mais de cem livros vendidos.

Brunilde falou de André com muito carinho, desejando-lhe que outros "filhos" possam surgir oriundos de seus estudos. Desejou aos presentes que possam fazer do trabalho, da alegria, da confiança, do amor e do entusiasmo, a receita necessária em suas caminhadas evolutivas.

Afinal, quem foi Jesus? 

Um homem que explodiu o sistema de sua época, por questionar hierarquias e criticar os exageradamente religiosos? Um homem contrário à violência política e amigo dos "moralmente fracassados? O fundador de mais uma religião? Um inovador, a tal ponto de o calendário ser dividido em antes e depois dele?

A resposta é complexa e ampla. Para encontrá-la, André Marinho utiliza-se de todos os recursos à disposição, passando pela história do judaísmo e pela história contemporânea, para melhor compreender o impacto de certas afirmações e ações de Jesus, bem como lança mão das teologias judaica, cristã, islâmica e espírita.

Promovendo uma análise histórica e ecumênica, Quem foi Jesus? apresenta reflexões e provocações que vão mudar a sua forma de ver essa figura revolucionária que o mundo conhece como Jesus de Nazaré.

Marinho, na apresentação do livro escreveu que "A aventura do conhecimento sobre Jesus é fascinante. Paralelamente ao estudo a respeito deste homem, há uma infindável soma de livros sobre a história do cristianismo, as variadas concepções cristológicas ao longo desses dois milênios de estudos, as implacáveis críticas contra a doutrina cristã e suas consequências na mentalidade ocidental. A pluralidade dessa investigação é de abismar. Dei-me conta, ao longo da pesquisa, de quantos temas ainda necessitam ser mais debatidos na academia. Há ainda terreno para muita pesquisa e é infinito o espaço para a criação e a interpretação em torno de Jesus. Atraídos por sua contemporaneidade, empreendemos uma apaixonada investigação sobre este homem, o maior protagonista da história. Existe farto material sobre a Bíblia e sobre os livros neotestamentários. Utilizei-me dos mais recentes estudos acadêmicos, assim como de um franco diálogo com a diversidade das teologias do século XX, esperando poder oferecer uma leitura interessante, concluiu o autor."

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado