pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Março 2014

Sobre o autor

Dirceu Machado

Dirceu Machado

Compartilhar -

FORMAÇÃO BÁSICA

Raymond Moody Jr. nasceu a 30 de junho de 1944 em Porterdale, Geórgia, Estados Unidos da América e reside atualmente em Las Vegas, Nevada, EUA, em companhia de sua terceira esposa, Cheryl Moody, e de um filho adotivo de nome Carter.

Moody estudou filosofia na Universidade da Virgínia, onde se bacharelou em artes em 1961. Mais tarde, em 1967, obteve o mestrado e, posteriormente, em 1969, o doutorado em filosofia. Em 1976, obteve o doutorado em psicologia pela Universidade da Geórgia Ocidental.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Raymond Moody foi convidado a se tornar professor na área de psicologia na própria Universidade da Geórgia Ocidental. Em 1998, foi nomeado Mestre em Estudos da Consciência na Universidade de Nevada, Las Vegas. Após a obtenção do doutorado, Moody trabalhou como psiquiatra forense num hospital de máxima segurança do estado da Geórgia.

Em decorrência de suas pesquisas, fundou um instituto denominado Teatro Memorial da Mente Dr. John Dee , sediado em Alabama e descrito como sendo um local onde é possível experimentar um estado alterado de consciência, com a intenção de invocar aparições de mortos. Um dos métodos utilizados para obter este estado foi designado de “ cristalomancia”. Moody também pesquisou sobre regressão de vidas passadas e acredita que ele próprio já tenha tido nove reencarnações. É claro que esta informação não se harmoniza inteiramente com os conceitos preconizados pela doutrina espírita sobre reencarnação.

LIVROS PUBLICADOS

Escreveu alguns livros dos quais os mais importantes são: A vida além da vida e A Luz que vem do Além , publicados no Brasil pela Butterfly Editora. É também o autor de Light beyond e Reflections on life after life . Nessas obras, prossegue seus estudos e experiências sobre a vida depois da morte do corpo físico.
Em A vida depois da vida - livro lançado nos Estados Unidos em 1975 que já superou a casa dos treze milhões de exemplares -, as pesquisas de Moody se complementam em considerações que se aprofundam, num fascinante estudo que amplia os horizontes da humanidade. Seu trabalho foi considerado como marcante já que, hoje, inúmeras faculdades de medicina norte-americanas promovem cursos sobre os aspectos espirituais da morte.

No prefácio de A vida depois da vida, Melvin Morse, M.D., declara: "Quando o livro de Moody foi publicado pela primeira vez, os cientistas médicos riram e descartaram as experiências de quase-morte, rotulando-as como alucinações. Vinte e nove anos depois, a ciência está agora ao lado do doutor Moody. Eu não conheço um único pesquisador científico importante que não tenha chegado a conclusões similares”.

Nos últimos doze anos foram feitas três principais revisões das experiências de quase-morte na literatura científica; todas concordam com as descobertas iniciais de Moody".

Referindo-se àqueles que contribuíram para suas pesquisas e a publicação de seu primeiro livro, Moody destacou a importância de sua esposa, "que passou várias horas comigo editando o manuscrito e o conteúdo das fitas", e as pessoas que entrevistou: "Acima de tudo eu gostaria de agradecer a todos aqueles que me contaram sobre seus encontros com a morte".

A doutora Elisabeth Kübler-Ross - autora de Sobre a morte e morrer - avalizou as pesquisas de Moody no prefácio de A vida depois da vida . Escreveu a pesquisadora que "essa compilação das descobertas do doutor Moody é verdadeira, porque foi escrita por um pesquisador genuíno e honesto".

ALGUMAS CONCLUSÕES

Os principais sintomas evidenciados nas experiências de Moody que deram origem ao livro Vida Depois da Vida , e com o auxílio dos depoimentos de cerca de 150 pessoas que sofreram de morte clínica, ou aos quais havia sido diagnosticado que tinham quase morrido, são:

  1. ouvir um zumbido nos ouvidos;
  2. um sentimento de paz e ausência de dor;
  3. ter uma experiência fora do corpo;
  4. sentir-se a viajar dentro de um túnel;
  5. sentir-se a subir pelos céus ;
  6. ver pessoas, principalmente familiares já falecidos;
  7. encontrar seres espirituais, por vezes identificados como sendo Deus;
  8. ver uma revisão da própria vida;
  9. sentir uma enorme relutância em voltar à vida.

Este livro deu origem ao filme homônimo Vida Depois da Vida , o qual lhe valeu uma medalha de bronze na categoria Relações Humanas no Festival de cinema de Nova Iorque. Recebeu também o prêmio World Humanitarian Award .

 

Raymond Moody Jr., psiquiatra, psicólogo, parapsicólogo, filósofo e pesquisador na área de “Quase-Morte” é mais um exemplo de que Ciência e Espiritualidade podem caminhar juntas.

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado