pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Março 2016

Sobre o autor

Dirceu Machado

Dirceu Machado

Compartilhar -

INÍCIO DE VIDA

            RICHARD HODGSON nasceu em 24 de setembro de 1855, na cidade de Melbourne, Austrália. Era filho de Richard Hodgson e de Margaret Hyde. Fez seus primeiros estudos na Escola Comunitária Central. Em 1871 matriculou-se na Universidade de Melbourne, onde obteve o Bacharelado em Artes em 1874, Licenciatura em 1875, Mestrado em 1876 e doutorado em 1878. Após a conclusão de seus estudos mudou-se para a Inglaterra e ingressou na Universidade de Cambridge como estagiário do St. John’s College, enquanto estudava Ciências Morais. Aparentemente escolheu o St. John’s College em homenagem a William Wordsworth, cujos trabalhos ele admirava e que tinha sido aluno deste estabelecimento.

 

INÍCIO DE CARREIRA

            Após completar com honras seu estágio, começou a lecionar poesia e filosofia em cursos de extensão. Em1884 aceitou o convite para ensinar a filosofia de Herbert Spencer. Entretanto, segundo seu biógrafo, Alex Baird, Hodgson estava embebido suficientemente de uma filosofia idealista que contrariava as tendências materialistas de Spencer. Baird acrescenta que Hodgson era tão individualista que não seguiria completamente qualquer filósofo e que inconscientemente estava procurando pela “Fonte e Segredos da Vida Completa”.

            Hodgson era tão individualista e não conformista que se recusou a receber os diplomas a que tinha direito na formatura de Cambridge, em 1881, porque o cerimonial exigia ajoelhar-se frente ao Vice-Reitor e ele não se ajoelharia para nenhum homem. Além disso o traje costumeiro para a noite era o preto e ele insistia em vestir um terno excêntrico marrom.

Hodgson e a SPR

            Enquanto trabalhava em Cambridge, Hodgson juntou-se a uma organização chamada “Cambridge Society for Psychical Reseach” – Sociedade de Pesquisa Psíquica de Cambridge – que começou a funcionar em 1879 e que foi a precursora da SPR (Society for Psychical Reseach). Ele teve parte ativa nesta sociedade desmascarando vários médiuns fraudulentos. Quando a SPR foi fundada, em 1882, tornou-se um de seus primeiros membros. Enquanto lecionava em Cambridge, foi designado a viajar até a Índia com a finalidade de investigar a Sociedade Teosófica e seus líderes incluindo a própria fundadora, madame H.P. Blavatasky. Após mais de quatro meses, Hodgson concluiu que Blavatasky era uma charlatã. Uma dura controvérsia resultou desse veredito. Os Teosofistas afirmavam que Hodgson não havia entendido os fenômenos físicos resultantes da mediunidade de Blavatasky e que fora muito áspero em seu julgamento. Quando retornou à Inglaterra, ele investigou vários outros médiuns de efeitos físicos e publicou um artigo afirmando que “quase todos os médiuns profissionais formavam uma gangue de embusteiros e que estavam mais ou menos envolvidos entre si”.

 

MUDANÇA PARA OS EUA

            Em 1887, Hodgson mudou-se para Boston, Estados Unidos, para assumir a secretaria executiva da Sociedade Americana de Pesquisas Pisíquicas (ASPR) que, à época, era um ramo da SPR, substituindo William James na investigação sobre a médium Leonora Piper.

            Hodgson declarou: “Durante os primeiros anos, eu absolutamente desacreditava em seus poderes”.

EU ACREDITO

            Ele a investigou por 18 anos ininterruptos. Depois de passados 12 anos, escreveu: “Eu tinha um objetivo, que era descobrir uma fraude ou um truque que a desmascarasse. Hoje, estou preparado para dizer que acredito na possibilidade de receber mensagens do que se chama “o mundo dos espíritos”. Eu comecei profundamente materialista, não acreditando na continuação da vida após a morte; hoje, eu digo: Eu acredito. A verdade me foi dada de tal forma que retirou de mim qualquer possibilidade de dúvida”.

            Enquanto trabalhava na ASPR, Hodson tornou-se amigo de George Pellew, um dos associados da instituição e membro de uma proeminente família de Nova York, graduado em leis pela Harvard University.

 

HODGSON E WILLIAM JAMES

            Hodgson também manteve estreito relacionamento com a família de William James, um dos mais respeitados filósofos e psicólogos da época. Um dos filhos de William James, Henry James, escreveu que Hodgson frequentemente os acompanhava em seus retiros em Chocorua, New Hamshire, onde os ensinava e a seu pai William a pescar. Também brincava com eles com mágicas e pique de esconder.

            Hereward Carrington, outro pesquisador da ASPR e também amigo de Hodgson escreveu que durante o último ano de vida, Hodgson não permitia que alguém entrasse na privacidade de seu pequeno apartamento com receio de que isso perturbasse a “atmosfera magnética” do ambiente.

            De acordo com Carrington, Hodgson começou a receber comunicações de espíritos aparentemente muito elevados, mas manteve em segredo com receio de que isso pudesse afetar sua posição de pesquisador objetivo. Hodgson desencarnou em 20 de dezembro de 1905.

            Na segunda parte deste trabalho (na próxima edição), vamos conhecer as atividades de Hodgson no plano espiritual.

            Richard Hodgson, Bsc. Msc. PhD, poeta, filósofo, parapsicólogo, professor, pesquisador da SPR e da ASPR é mais um exemplo de que ciência e espiritualidade podem caminhar juntas.

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado