pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Novembro 2013

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -
::cck::316::/cck::
::introtext::::/introtext::
::fulltext::

     O filme Blood Money, lançado nos EUA e na Europa, já tem um calendário de pré-estreias definido no Brasil. O filme tem como distribuidor no Brasil a produtora cearense Estação Luz Filmes, que garantiu os direitos da película pelos próximos 10 anos para exibição em todo o território nacional, seja em cinemas, DVDs ou televisão. O contrato foi assinado em Baltimore (EUA) entre o produtor e diretor do filme Blood Money, David Kyle, e Luís Eduardo Girão, da Estação Luz Filmes.

     Em conversa com Girão, o mesmo revelou ao Correio Espírita, por se tratar de questões de filosofia do direito à vida, não foi fácil encontrar patrocinadores e verbas para lançar, distribuir e divulgar o filme em todo o território nacional.

     A grande maioria dos brasileiros e ai se incluem os espíritas não sabem da existência do filme e muito menos que o mesmo entrará em cartaz daqui alguns dias.

     O documentário traz uma investigação completa sobre a lucrativa indústria do aborto nos Estados Unidos, revelando seus principais financiadores assim como suas estratégias para legalizá-lo nos países emergentes. O documentário mostra ainda como uma ideologia baseada no racismo e no controle populacional se infiltrou nos movimentos de defesa dos direitos das mulheres para criar um negócio sujo e poderoso.

     Um bom momento para o lançamento do filme, porque os ativistas em defesa da vida comemoram a aprovação da proposta, pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, do Estatuto do Nascituro (PL 478/07), que estabelece proteção jurídica à criança que ainda vai nascer. A proposta, aprovada passará pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania antes de ser votada pelo Plenário.

     O Vice-Presidente Nacional Executivo do Movimento Nacional da Cidadania pela Vida - Brasil Sem Aborto, Jaime Ferreira Lopes, considera a aprovação uma vitória porque é mais um passo em defesa da vida, desde a concepção. Por outro lado, a aprovação gerou protestos entre representantes de movimentos favoráveis à legalização do aborto no Brasil.

     Seja você também um defensor à vida. Diga não ao aborto.

     Muita Paz!

::/fulltext:: ::cck::316::/cck::
Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado