pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Março 2018
Compartilhar -

O insigne codificador pontuou na questão 799 de O Livro dos Espíritos: De que maneira pode o Espiritismo contribuir para o progresso?

“Destruindo o materialismo, que é uma das chagas da sociedade, ele faz que os homens compreendam onde se encontram seus verdadeiros interesses. Deixando a vida futura de estar velada pela dúvida, o homem perceberá melhor que, por meio do presente, lhe é dado preparar o seu futuro.”

A maior consequência danosa do materialismo é o fruto da desigualdade social produzida pelo orgulho e pelo egoísmo dos homens ainda presos ao mundo dos prazeres efêmeros. Cabe aos espíritas exemplificarem os princípios éticos da família cristã.

Os país tem um papel decisivo na formação do jovem espírita, que muitas vezes é o fora da moda para seus colegas e o careta da turma, pois os valores tradicionais foram perdidos e precisam ser recolocados no seu devido lugar. Os apelos mundanos são gigantescos, sobretudo a sexualidade, as drogas e o tabagismo, que dilaceram vidas de muitos jovens.

Hoje, os pais estão perdendo seus filhos dentro de casa, debaixo de seus olhos via internet. O conceito de globalização subjaz os apelos para as imensas questões materiais.

       Entretanto, o Espiritismo é uma ferramenta infalível de enfrentamento ao materialismo, pois vem dissipar todo o véu da ignorância, fazendo com que a sociedade evolua a cada geração. Vem a seu tempo para cumprir as promessas do Cristo, que asseverou: “Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro consolador, para que fique eternamente convosco” (João, XIV: 15 a 17 e 26).

       Muita Paz!

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado