pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Julho 2018

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -

 

 

Estamos em plena Copa do Mundo, organizada pela FIFA – Federação Internacional de Futebol –, realizada a cada quatro anos. Superficialmente, nada há de comum entre o futebol e o Espiritismo. Mas como não estabelecer um elo, diante da afirmação acima, do jogador sul-americano mais afamado do mundo?

Comumente, acontece depois das partidas de futebol, quando no momento das entrevistas dos atletas utilizam de diversas expressões “Deus me abençoou em fazer o gol da vitória”; “O senhor está do nosso lado e por isso vencemos”. Então, Deus favorece o time A em detrimento ao time B. E, assim, somos levados a acreditar que Deus não é imparcial.

Na verdade, a grande maioria dos jogadores de grande parte do mundo tem sua origem nas camadas pobres da sociedade, onde a religião exerce uma força muito grande. Os atletas, fazem suas orações, se benzem, carregam amuletos, imagens e até beijam os santinhos ora guardados no bolso. Comumente também observamos goleiros de joelhos olhando para o alto, que entendemos pedir algo ao criador.

A Doutrina Espírita trabalha a consciência, oferecendo-lhe uma fé raciocinada, mostrando a todo atleta que se dedica nos treinos até chegar a uma condição física ideal; mas isso não é o suficiente: apresenta ao atleta o lado espiritual, em que a preparação do corpo físico passa pela retidão de caráter, lealdade e respeito aos seus adversários. Nessa interação de torcer, vibrar, perder e ganhar fazem parte do aprendizado e, no domínio das fortes emoções, precisamos vivenciar e domar.

O Espiritismo apresenta que o jogo sujo, para ganhar, hoje, de qualquer forma, levará a resgate proporcional àquela vã alegria em tristeza real. Portanto, cabem aos atletas exemplificar o espírito de competitividade e de interação sadia entre povos e raças de forma respeitosa.

É dever de todo atleta conquistar a grandeza espiritual, de saber perder e saber vencer. Parafraseando André Luiz, “Vencedor é o que vence a si mesmo”.

Muita paz!

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado