pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2018

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -

Chico Xavier, como se tornou popular no Brasil, por sua grandiosa obra de 510 livros publicados (veja relação no site www.correioespirita.org.br), escolhido como “maior brasileiro de todos os tempos”, através de votação pública pelo SBT – Sistema Brasileiro de Televisão –, e o “O mineiro do século”, em eleição promovida pela Rede Globo Minas.

Após exatos 16 anos de seu inesquecível retorno à Pátria Espiritual, foi realizado em sua terra natal, o 2º Congresso Espírita de Pedro Leopoldo, com sucesso absoluto, acompanhado em 38 países.

Suas obras atravessam as diferenças religiosas e, hoje, seu acervo já foi traduzido para dezenas de países, em 30 idiomas, e já alcançou a vendagem de mais de 60 milhões de exemplares. O italiano é o idioma que mais fez traduções das obras do médium, alcançando um número expressivo de quase 100 títulos.

Da rica herança de Chico Xavier, destacamos a literatura por excelência, suas poesias, contos e romances belíssimos, que destacam o mundo antigo em beleza de detalhes pelo seu lápis missionário. Na medicina, com as obras de André Luiz, antecipando décadas da atual medicina humana. Na ciência, citando apenas o pesquisador da universidade Estadual de Londrina Carlos Augusto Perandréa, pós-graduado em criminologia e que, durante 14 anos, estudou cientificamente 400 cartas psicografadas por Chico Xavier e, após exaustivas análises por meio da grafoscopia, afirmou que a sua psicografia possui autenticidade.

E sobretudo no amor, na fé cristã e no homem filantropo que foi, o credencia não só como maior brasileiro, mas um humanista, um verdadeiro homem de bem.

Salve Chico Xavier!

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado