pteneofrdeites

Jornal de Outubro de 2020

JornalOnline

Anuncie conosco

A depressão é uma doença psiquiátrica gravíssima acarretando uma tristeza profunda, acompanhada de alguns sintomas principais, como insônia, diminuição ou aumento do apetite, apatia (desânimo geral, perda de interesse por tudo), sentimento de culpa, propensão ao suicídio e severo prejuízo nas atividades escolares e laborais (dificuldades de atenção e concentração).

A imprensa noticiou que o saudoso jornalista Ricardo Boechat chegou a apresentar um quadro clínico grave de depressão, acarretando, inclusive, a impossibilidade de suas atividades profissionais, porquanto, com a gravidade da doença, de repente, diante do microfone, minutos antes de entrar no ar, ficou inerte, não conseguindo mais se comunicar.

Lembro-me de um familiar que apresentou essa enfermidade e foi notado seu surpreendente desentusiasmo, um total desapreço, por uma viagem à Europa. Já antes de entrar no avião, no Brasil, apresentava desalentado, contrário ao que sentia anteriormente, exatamente animação intensa, extrema alegria por poder conhecer alguns países do Velho Mundo. O passeio se tornou um fracasso, acarretando tristeza para os familiares que o acompanhavam nessa excursão.

No episódio do sequestro de ônibus, na Ponte Rio-Niterói, foi noticiado pela imprensa que o responsável pelo triste episódio era portador de depressão há dois anos sem tratamento. Estava apresentando um quadro depressivo de intensa intensidade e não estava mais querendo viver.

Importante a exemplificação desses casos para dar ênfase sobre a importância de ser tratada essa doença, a qual tem cura e, em nada se fazendo, cada vez fica pior, pois passa por três estágios, até chegar à condição grave (vai tendo uma evolução progressiva), acarretando graves consequências, levando o indivíduo à total falta de energia e vontade de viver, desde que o paciente não aguenta o acentuado sofrimento. Desde o nível leve, passando pelo moderado, o doente tem que ser acompanhado por profissionais habilitados no campo da psicologia, clínica médica e psiquiatria. Normalmente, no primeiro nível, o leve, não são prescritos medicamentos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) há um aumento progressivo de casos de depressão no mundo. Entre 2005 e 2015, o número de casos da enfermidade cresceu 18%. Há, igualmente, o relato do acometimento depressivo em cerca de 322 milhões de pessoas no orbe e que, até 2020, a doença será a mais incapacitante em todo o mundo. Na América do Sul, o Brasil está em primeiro lugar com cerca de 5,8 da população afetada.

Os indivíduos com depressão devem mudar seus hábitos rotineiros, principalmente praticando exercícios físicos, alimentando-se bem, procurando sair mais de casa e gozar de uma vida social bem agradável, não fazer uso de bebidas alcoólicas e serem orientados a ter boas noites de sono.

Em relação à Doutrina Espírita, o paciente deprimido poderá receber incontável ajuda. Muitos casos estão relacionados à obsessão espiritual, devendo o paciente igualmente buscar o auxílio necessário, indo a um centro espírita, onde passará pela sala de atendimento e, constatadas influências espirituais, receberá o auxílio necessário, através de reuniões privadas mediúnicas de desobsessão, estímulo à reforma interior, aplicação de passes semanais, oferta de água fluidificada, frequência às palestras públicas, estímulo à leitura edificante. Assim fazendo, ao lado do acompanhamento médico e psicológico, certamente o quadro transcorrerá para a cura desejada.

Em contato com a Doutrina codificada por Allan Kardec, o indivíduo depressivo constatará a vontade ardente do profitente espiritista em ajudar o semelhante, ofertando, além do alimento físico, a nutrição espiritual, tudo isso em sintonia com o Evangelho de Jesus, sendo o Mestre, o excelso médico, o magnânimo terapeuta de toda a humanidade.

Compartilhar

Ouça a Rádio Rio de Janeiro

Eventos

Mala direta

Deixe seu nome e email e receba nossas mensagens gratuitamente em seu email.
Nome*
O nome é necessário!

E-mail*
Email inválido!

Livro rastros de sol

Vídeos

Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta