pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Dezembro 2014
Compartilhar -

Dá-se esse nome a uma entidade que ocupa um corpo abandonado pela alma que nele habitava. Esta ideia é um tanto parecida com a possessão embora, nesta última, a alma original seja apenas ofuscada e não suplantada pela entidade possessora.

O conceito de ocupante possivelmente está relacionado a certos contos tradicionais indianos, a respeito dos mestres de Yoga idosos, que se apoderam dos corpos de pessoas jovens que morrem prematuramente.

Existe um conto francês de Theofilo Gautier que mostra um caso deste. Este conto se chama Avatar.

Existe também outra possível fonte para a ideia da ocupação de corpos, conhecida nos círculos teosóficos: ela diz que Jesus e o Cristo eram almas separadas. De acordo com esta teoria, Jesus teria preparado o seu corpo físico para receber o Cristo cósmico em um determinado momento da sua vida. Assim, quando chegou o momento propício, Jesus deixou o seu corpo e este foi ocupado pelo Cristo. Esta ocupação durou três anos e foi o tempo da pregação e dos milagres.

A ideia básica aqui é que o Cristo era um espírito tão evoluído, que teria sido difícil e mesmo impossível encarnar num corpo terrestre e passar pela fase da infância. Além disso, ainda que pudesse fazê-lo, teria sido uma perda de tempo o Cristo passar uma fase improdutiva como a infantil.

Em nossos dias, uma escritora americana chamada Ruth Montgomery escreveu um livro que se intitula Strangers Among Us (estranhos, estrangeiros, alienígenas, entre nós). Neste livro, ela escreve o seguinte:

“Existem, em nosso planeta, dezenas de milhares de ocupantes de corpos. São seres iluminados que após terem sido bem sucedidos em várias encarnações, conseguiram consciência suficiente sobre o significado da vida para poder dispensar o processo demorado de nascimento e infância, retornando diretamente para corpos adultos.

O ocupante de corpo é uma entidade elevada a quem é permitido ocupar o corpo de outro ser humano que deseja partir. Segundo Ruth, o motivo desses espíritos é altamente humanitário, pois retornam a fim de ajudar pessoas a se ajudarem, plantando sementes de conceitos que crescerão e florescerão para benefício da humanidade.”

No livro Threshold to Tomorrow (Começo para o amanhã), desta mesma autora, existem dezessete casos de ocupação. O livro foi publicado em 1983. Segundo este livro, a história está repleta de ocupantes de corpos, incluindo personagens famosos, como: Moisés, Jesus, Maomé, Cristóvão Colombo, Abraham Lincoln, Mary Baker Eddy, Gandhi, George Washington, Benjamin Franklin, Thomas Jefferson, Alexander Hamilton e James Madison.

Vendo esta lista, tem-se a impressão de que Ruth considera ocupante de corpos qualquer pessoa de alta dose de criatividade e liderança.

Em um livro mais recente, que se chama Aliens Among Us, ela desenvolve a ideia de ocupante de corpos extraterrestres. Nesse caso, seres de outro planeta estão vindo para a Terra e ocupando corpos humanos. Esta ideia não possui nenhuma base na doutrina espírita, porém, mesmo assim, deve ser respeitada, já que é uma tentativa de explicar uma série de fenômenos que a ciência tradicional tem deixado de lado como simples mitologia.

 

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta