pteneofrdeites
Compartilhar -

Até que surgiu uma notícia para relembrar que o homem tem enorme potencial para o desenvolvimento de novas tecnologias capazes de nos trazer benefícios.

Abaixo segue:

TÓQUIO (AFP) 16 Jan,

"Cientistas japoneses e americanos abriram um possível caminho para que os deficientes físicos possam se locomover, ao conceberem um robô humanóide, cujas pernas foram ativadas à distância pelo cérebro de um macaco em movimento, situado a quilômetros da máquina.

Esta proeza que alia a robótica com a neurociência, foi anunciada pela Agência da Ciência e das Tecnologias japonesas e pela Universidade Duke dos Estados Unidos.

"Conseguimos transmitir dos Estados Unidos ao Japão os dados registrados no cérebro de um macaco graças à detecção de seus influxos nervosos, que se ocupam do movimento das pernas", explicaram os pesquisadores.

Através desses sinais, é possível controlar as pernas do robô em tempo real, de forma que ele caminha da mesma maneira que o macaco.

A técnica se baseia em converter as informações emitidas pelo animal em instruções compreensíveis para o robô.

Com esses resultados, o grupo científico acha que foi dado um grande passo para a fabricação de próteses neurais que permitirão aos deficientes físicos recuperar sua capacidade motora".

São essas, as notícias que nos fazem vibrar de contentamento, e nos dão esperanças de uma vida melhor no futuro, e para que tal se torne realidade, necessário se faz que os homens procurem investir no desenvolvimento dos valores morais e das latentes em seu Ser imortal como nos garante a doutrina espírita, para a correta utilização da sua inteligência em benefício da sociedade, no enfrentamento das dificuldades com que se depara o homem em nosso planeta.

780. O progresso moral acompanha sempre o progresso intelectual?

"Decorre deste, mas nem sempre o segue imediatamente." (192-365)

a) - Como pode o progresso intelectual engendrar o progresso moral?

"Fazendo compreensíveis o bem e o mal. O homem, desde então, pode escolher. O desenvolvimento do livre-arbítrio acompanha o da inteligência e aumenta a responsabilidade dos atos."

b) - Como é, nesse caso, que, muitas vezes, sucede serem os povos mais instruídos os mais pervertidos também?

"O progresso completo constitui o objetivo. Os povos, porém, como os indivíduos, só passo a passo o  atingem. Enquanto não se lhes haja desenvolvido o senso moral, pode mesmo acontecer que se sirvam da inteligência para a prática do mal. O moral e a inteligência são duas forças que só com o tempo  chegam a equilibrar-se." (365-751).

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta