pteneofrdeites
Compartilhar -

Existência que se prolonga...

Na vasta literatura espírita, podemos encontrar depoimentos dos mortos retratando suas dores, agravadas em saber que estão vivos. O ato voluntário do suicídio não libertou de seus problemas e sim os agravou. Um dos principais motivos do suicídio é a falta dos ensinamentos espirituais. Vejamos Allan Kardec: “...A propagação das doutrinas materialistas é, pois, o veneno que nocula a idéia do suicídio na maioria dos que se suicidam, e os que se constituem apóstolos de semelhantes doutrinas assumem tremenda responsabilidade.

Com o Espiritismo, tornada impossível a dúvida, muda o aspecto da vida. O crente sabe que a existência se prolonga indefinidamente para lá do túmulo, mas em condições muito diversas; donde a paciência e a resignação que o afastam muito naturalmente de pensar no suicídio; donde, em suma, a coragem moral.”

Saiba mais  adquirindo a edição de Agosto/2006 do Jornal Correio Espírita.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta