pteneofrdeites
Compartilhar -

Encontre o seu verdadeiro Natal.

Dezembro é um mês muito especial para o mundo cristão. No seu vigésimo quinto dia se comemora o início da sagrada jornada terrena do Mestre Jesus. Mais do que a troca de presentes e da mesa farta de nozes, avelãs e rabanadas, o natal é o momento ideal para uma reflexão de nossas atitudes, para um questionamento de nosso comportamento como verdadeiros espíritas e, principalmente, seguidores do Cristo.

Há pouco mais de dois mil anos nascia em Belém (uma pequena cidade localizada na atual e turbulenta Palestina) o nosso querido Mestre Jesus. Em uma pequena e insalubre manjedoura, rodeada por alguns animais domésticos, uma mulher de corpo frágil junto ao seu marido, um humilde carpinteiro, vence as dores do parto e dá a luz ao enviado de Deus depois de uma longa e exausta jornada pelas terras áridas da Galiléia à Judéia. Uma criança abençoada pela luz divina que chega ao mundo para ser o grande divisor de águas dos oceanos da moral, do amor e da caridade. Chega para dar início a mais bela de todas as revoluções: a “Revolução do Amor”. Sua rápida trajetória pelo nosso turbulento planeta deixou marcas profundas ao introduzir um simples (e ao mesmo tempo complexo) conjunto de regras de conduta nas relações entre os homens que tinham como objetivo levar ao aprimoramento do espírito através da prática do amor. Uma forma de pensar e agir que modificou bruscamente a história e a religiosidade da humanidade. Como pôde um homem, nascido em um lugar tão miserável e ter vivido em condições tão adversas, ter tido o poder de modificar sensivelmente através atos e palavras as mentes e os corações de centenas de milhões de pessoas? Este foi Jesus Cristo, nosso mestre. Quem mais poderia ter a sua história perdurada após dois mil anos sem nenhum recurso de mídia e sem que Ele tenha escrito uma só linha sobre ela? Este foi Jesus Cristo, o Rei dos reis.

Convido você, caro leitor, a meditar sobre esse tema tão importante. Qual verdadeiro presente que poderíamos dar a Jesus? Nós, fiéis à Doutrina Espírita assumimos um enorme compromisso quando nos deparamos com os ensinamentos do Cristo, ao mesmo tempo em que pagamos um grande ônus quando não os cumprimos. Temos a convicção de que o caminho do aperfeiçoamento dos nossos espíritos passa pela prática desses ensinamentos, principalmente no que diz respeito à moral e a caridade. Então que tal presenteá-lo com atos verdadeiros que reflitam o amor ao próximo, o perdão e o bem.

Não deixe passar essa oportunidade. Abrace quem você ama, mas faça isso também todos os dias. Auxilie sempre quem necessita de ajuda. Perdoe. Presenteando Jesus estaremos presenteando também os nossos espíritos.  É através da prática do amor, do perdão, da tolerância e da caridade, que o Natal deixa de ser comemorado somente em dezembro para ser uma celebração cotidiana, onde estaremos nos dando a chance de estar mais próximo do nosso amado Mestre Jesus. Não perca esse momento!

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta