pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2019
Compartilhar -

É rotineiro observar, no supermercado, as pessoas colocarem nos carrinhos de compra algumas caixinhas de margarina e de outros alimentos, contendo gordura vegetal hidrogenada. Infelizmente desconhecem o erro em que incorrem, prejudicando gravemente o organismo físico, antecipando o momento da morte e, o que é o pior, falecem através do suicídio indireto ou involuntário, com repercussão negativa na dimensão espiritual.

Quando os óleos vegetais passam por um processo de hidrogenação, isto é, são adicionadas em suas moléculas o hidrogênio, a substância final apresenta-se como gordura sólida, em temperatura ambiente, com ótimo aspecto e durabilidade aumentada. É denominada de gordura vegetal hidrogenada, propiciando o aumento do LDL (colesterol ruim), o qual aumenta as chances de doenças do coração, além de diminuir o HDL (colesterol bom), o qual evita problemas cardíacos. O LDL elevado pode ocasionar muitos problemas no organismo físico, que faculta o desencadeamento das afecções cardiovasculares, inclusive o temível infarto do miocárdio, como igualmente atua no aumento da obesidade abdominal e no processo inflamatório no organismo.

Deve-se evitar o consumo dessa prejudicial gordura, o que se torna muito difícil, porquanto os produtos industrializados, em sua grande maioria, a contêm. Deve-seAlém disso, sempre observar, sempre, no rótulo do alimento, se há a presença da gordura vegetal hidrogenada, principalmente em bolos, tortas, massas instantâneas, bolachas, pães, biscoitos, batatas fritas, sorvetes, maionese, pasteis, cremes vegetais, salgadinhos, frituras, margarinas, pipocas de micro-ondas e nos lanches de “fast-food”. Nunca E nunca comprar qualquer alimento sem a colocação no rótulo da lista dos ingredientes nele contidos. Se o alimento contiver no rótulo a gordura de coco, oliva ou palma, pode consumi-lo. Os alimentos de origem animal, como carne e leite, possuem quantidades insignificantes de gordura trans.

Como a gordura trans não é digerida, há acúmulo da substância nos vasos arteriais e no abdômen. A obesidade abdominal, excesso de peso que se desenvolve ao longo do tempo em torno do centro do corpo, também chamado de gordura visceral, associado à resistência à insulina (diabetes tipo 2), é denominada de Síndrome Metabólica, com sérios riscos para o sistema cardiovascular.

Portanto, quanto risco corre um indivíduo que se alimenta mal, principalmente consumindo comidas ricas em gorduras trans! Importante, além de se evitar o consumo das gorduras prejudiciais à saúde, o indivíduo tem que de fugir do sedentarismo, praticando atividade física regular. Assim fazendo, há haverá a diminuição do risco cardiovascular e muitos outros benefícios.

Certamente, os eventos festivos (aniversários, casamentos, etc.) são inundados de alimentos contendo alto teor de gordura trans. De início, são servidos os grandes vilões, os salgadinhos feitos de uma massa farinácea cheia de gordura vegetal hidrogenada, frita juntamente com a carne de vaca e frango moída. Depois, vem a distribuição de bolos, sorvetes e doces. Para terminar, o consumo prejudicial de refrescos artificiais e refrigerantes. Que desgraça!

Algumas pessoas, com muita frequência, comparecem a eventos sociais e, constantemente, estão ingerindo substâncias que estão lhe roubando significativo tempo de vida física. O conselho que a medicina dá para os que vão participar de festas com muita comida prejudicial é, exatamente, se alimentaremalimentar-se bem em casa e não ingerirem os “quitutes” imergidos na gordura trans, constantemente oferecidos nas festanças.

A Doutrina codificada pelo magnânimo Kardec ensina a importância dos cuidados a serem dispensados com o nosso veículo físico, imprescindível à evolução do espírito. Gozar uma vida saudável favorece o ser encarnado a completar o seu tempo de aprendizagem de forma natural e com muita produtividade.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado