pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Janeiro 2019
Compartilhar -

A arte do bem é o caminho em que todo artista de fôlego deve se inspirar, para poder transmitir os valores mais sublimes da beleza moral aos que aguardam ávidos de esperança, amor e fé, enquanto estão de passagem estagiando em recuperação psíquica na Terra.

O artista interessado em colaborar com o mundo melhor deve, antes de tudo, considerar a arte como um instrumento de importância capital para o equilíbrio essencial dos espíritos encarnados e desencarnados.

Os Espíritos Superiores nos dizem que tudo que imprimimos na Terra não passam de cópias tímidas alcançadas durante o sono físico, por razão da emancipação da alma.

O diferencial entre as criações positivas e negativas depende da vontade aliada aos sentimentos legítimos do coração. Uma vez o artista identificado com a proposta elevada de trabalho, obterá a presença direta de companhias espirituais benfazejas, durante o seu trabalho.

É do nosso conhecimento, contudo, que existem milhares de espíritos coabitando os espaços paralelos próximos ao nosso orbe, como também convivem diariamente conosco por diversas condições do estado psíquico de ambos no próprio lar.

Nós e os espíritos desencarnados necessitamos igualmente trabalhar a própria evolução e a prosperidade de todos.

O pensamento estando ligado aos propósitos do bem, por meio das artes, logo encontrará o interesse de quem compartilhe do serviço, pois, na roda da evolução, semelhante atraí semelhante.

Todo artista encarnado é médium e possui a qualidade de serviço que atende perfeitamente aos espíritos desencarnados pela mediunidade, de acordo com as suas possibilidades.

A mediunidade é o atributo da misericórdia de Deus, visando a todas as criaturas na sua evolução gradativa, enquanto estão a caminho.

Para estar em plena sintonia, o candidato deverá atender às especificações naturais do serviço, praticando com caridade, respeito e perfeição, se assim podemos definir.

O Espiritismo tem demonstrado, pela pedagogia de Jesus, os ensinamentos a partir das relações mútuas, por meio das quais se aprende uns com os outros, na troca de conhecimento adquirido através das existências.

Um exemplo simples sobre o que estamos falando é a pintura mediúnica, a pictografia, cuja mensagem depende dessa união de servidores em prol de um trabalho que atenda a orientação educativa e o direcionamento para beleza dos sentimentos espirituais.

A atmosfera positiva durante esse trabalho, no centro espírita, produzirá algo muito maior do que somente a pintura em si. Os relatos são diversos e apresentam resultados significativos, que fogem à nossa percepção sensorial, porque, a cada trabalho executado, as equipes espirituais das mais variadas atuam em convergência a um único objetivo.

Na música, encontramos relatos interessantes durante as apresentações, segundo os quais médiuns videntes são unânimes em afirmar a atuação dos Espíritos durante as récitas. É fato também que isso ocorre nas apresentações de teatro, dança e literatura, quiçá nos trabalhos de arte terapêutica de convivências sociais nos centros espíritas.

Sendo assim, podemos aquilatar o grau de responsabilidade que temos diante de toda tarefa que requer a natureza normativa de educação.

A arte tem muito a oferecer aos que desejam igualmente servir nesse viés de trabalho, bastando a disciplina e total ausência de vaidade.

O verdadeiro artista está identificado com as belezas da alma. Ele é o artífice capaz de alcançar as dimensões das esferas amorosas existentes no Universo.

Rossini, o grande maestro, uma vez perguntado numa sessão mediúnica no tempo de Kardec sobre determinado apontamento na música, preferiu responder que não tinha ainda o conhecimento desejado para responder com exatidão, mas iria buscar o entendimento para, em momento oportuno, voltar e responder. Isso levou dois anos.

Fica, portanto, essa demonstração de humildade e inteligência espiritual como excelente apontamento de reflexão.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado