pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2019
Compartilhar -

Leopoldo Machado foi um espírita muito aplicado em favor do Espiritismo.

Sua atuação serve de referência aos que desejam atravessar o caminho sincero do serviço redentor na Terra, visando multiplicar a mensagem iluminativa de Jesus, com simplicidade e determinação.

Leopoldo Machado, ao lado de outros confrades ilustres, como Artur Lins de Vasconcellos, Ary Casadio, Carlos Jordão da Silva e Francisco Spinelli, com a ¨Caravana da Fraternidade¨, divulgaram os objetivos da unificação e colheram adesões de onze Estados do Norte e do Nordeste ao ¨Pacto Áureo¨. A visita e contatos tinham por finalidade estimular as obras de assistência social e de ambientação doutrinaria aos lares.

Ele compôs a música Alegria Cristã, que valoriza a amizade e a união entre todos os trabalhadores espíritas, numa exaltação ao companheirismo e ideal no serviço sincero da caridade ao próximo.

Produziu poesias, dramas, comédias, monólogos, alegorias e, principalmente,  o melhor o Teatro da Mocidade, que teve grande importância a partir de 1944, possibilitando o conhecimento doutrinário por vias criativas através de encenações dramáticas.

Essa visão pedagógica foi devidamente utilizada por muitos educadores consagrados, que outrora se viram-se diante das mesmas necessidades de divulgação, como, aliás, o próprio José de Anchieta, no Brasil, que, no início da colonização, se utilizou para envolver os índios. 

Conforme nos conta Clóvis Ramos em seu livro, poesia e teatro se irmanam, no mundo da Arte. E o poeta e teatrólogo Leopoldo Machado teria, inevitavelmente, de tomar esse caminho, para mais e melhor difundir seu ideal espírita.

Esse baiano arretado era a gentileza em pessoa, tanto que, quando ele chegava em qualquer lugar, era logo notado, devido ao seu vigoroso sorriso e o bom humor. 

Conta o saudoso professor José Jorge, que, nos idos de 60, em Cruzeiro, São Paulo, numa semana eEspírita, que primava por uma contagiante alegria.

O professor Leopoldo Machado, que estava no salão, precisou se retirar e, de repente, se fez um hiato no salão.

Lasneau, diga uma besteira aí!...

Sem perda de tempo, o querido poeta e confrade de Barra do Piraí – Sebastião Lasneau – levantou-se e exclamou:

- Viva o professor Leopoldo Machado!

Foi uma hilariante geral, porém, quem mais se divertiu, realmente, foi o ilustre professor baiano que riu a valer, conseguindo reanimar o fraternal Encontro de Cruzeiro, como afirma Clóvis Ramos em seu livro ¨Leopoldo Machado Ideias e Ideais¨, publicado pelo Centro Espírita Léon Denis (CELD), Rio de Janeiro.

Tinha o dom da palavra e sabia utilizá-la conforme a necessidade, tanto que enfrentou os adversários e detratores do Eespiritismo, com a grandeza da fé inabalável de seus argumentos educativos e fundamentados.

Confiava em Jesus com extrema convicção, de que o trabalho não podia ser interrompido no caminho, e, que, portanto, toda tarefa digna merece a sustentação divina.

Sendo assim, sua presença era notada e respeitada por todos, porque, diante dos de fatos, não há argumentos que possam denigrir a conduta honesta de um servidor sincero à divulgação do Espiritismo.

Quanto a à sua honestidade, podemos destacar o seu Colégio Leopoldo, em Nova Iguaçu, fundado em 1930, onde mandou escrever o que pensava sobre a verdadeira escola:

 

“Aqui é o templo augusto da verdade,

A catedral excelsa do saber;

Almas cheias de ardor, de mocidade,

Entrai, vinde aprender.

Entrai: aqui não há semblantes graves,

Porque só se respira Paz e Amor.

São as crianças quais um bando de aves,

É quase um pai o mestre, o professor.

Tudo aqui são promessas e esperanças,

É belo e doce este calor sentir.

Se entrais, agora, tímidas crianças,

Saireis homens de bem para o porvir”..

 

O professor Leopoldo Machado deixou um legado maravilhoso. Conhecer o seu trabalho é sentir o Espiritismo Cristão em sua essência primitiva, onde o único interesse sempre foi servir sem a necessidade de ocupar um lugar de projeção pessoal, mesmo porque, de especial, somente a causa espírita. 

 

Pesquisa:

- Leopoldo Machado Ideias e Ideais – de Clóvis Ramos.

- FEB.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta