pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Fevereiro 2019

Sobre o autor

Fabiano Henrique

Fabiano Henrique

Compartilhar -

A União Europeia está apoiando o projeto Acelerador Multilíngue. O objetivo da iniciativa é produzir material didático para o ensino de idiomas para alunos das escolas fundamentais do continente. O ponto de partida foi o Zagreba Metodo de esperanto, que servirá também para as demais. Os alunos vão estudar primeiramente a criação de Zamenhof, para então ter contato com as outras línguas. O esperanto servirá como “acelerador” do aprendizado, por ser comprovadamente simples, fácil e regular, o que especialistas em Linguística reconhecem como valor propedêutico. 

 

Esperantistas brilham em evento internacional de poliglotas

 

Esperantistas tiveram papel de destaque na última Conferência Poliglota. O evento aconteceu em Liubliana, capital da Eslovênia, entre os dias 26 e 28 de outubro. Um dos organizadores é o britânico Richard Simcott, que fala fluentemente 35 línguas, inclusive o esperanto. Essa experiência serviu de inspiração para que o encontro fosse organizado de modo semelhante aos congressos mundiais esperantistas. O idioma auxiliar neutro teve considerável espaço na programação. Foram, ao todo, duas oficinas e uma palestra, comandadas respectivamente Seán Ó Riain, Judith Meyer e Peter Baláž. Houve também uma banca para a venda de livros sobre o idioma. De acordo com Baláž, esses acontecimentos são importantes, para chamar a atenção de estudantes e falantes de línguas para a importância do esperanto, sendo um meio poderoso de arregimentar interessados no aprendizado da criação de Zamenhof.

 

Neozelandeses organizam congresso de esperanto

 

Nos dias 26 e 27 deste mês acontecerá o Congresso de Esperanto da Nova Zelândia. O evento terá lugar na capital, Wellington. A programação consistirá de palestras, debates, apresentações musicais e passeios.

 

Revista brasileira em busca de renovação

 

A revista La Lampiro, da Associação Paulista de Esperanto, está em processo de reformulação. Notícia publicada no site da entidade informa que um novo projeto gráfico vem sendo desenvolvido pelo diagramador iraniano Sajjad Dashti Nezhad. Outra mudança será no conteúdo. As inovações somente vão chegar ao leitor a partir do primeiro número da coleção de 2019. La Lampiro pode ser lida e baixada gratuitamente pelo endereço www.easp.org.br. 

 

Jovens esperantistas discutem políticas para a juventude

A Organização Mundial da Juventude Esperantista marcou presença em um evento internacional. Entre 25 e 28 de novembro ocorreu em Moscou o seminário “O acesso dos jovens aos direitos: aprender e compartilhar experiências sobre a política e o trabalho juvenil”. O encontro foi promovido pelo Departamento de Juventude do Conselho Europeu, pelo Ministério da Educação e Ciência da Rússia e pelo Conselho Russo da Juventude. A mocidade esperantista foi representada pela romena Manuela Burghelea, que recentemente palestrou na Cooperativa Cultural dos Esperantistas.

Jovens esperantistas reunidos na Alemanha

 

De 28 de dezembro a quatro de janeiro ocorreu em Storkow, na Alemanha, a 10ª Semana de Esperanto da Juventude. Compareceram de mais de duzentas pessoas, vindas de cerca de vinte países. A programação teve apresentações musicais, palestras, passeios e aulas da Língua Internacional Neutra. A organização esteve a cargo das mocidades esperantistas alemã e polaca. 

 

Músico esperantista despede-se do palco da vida

 

Apagam-se as luzes; fecha-se a cortina; o show termina. Retornou à Pátria Espiritual o esperantista italiano Gianfranco Molle. O passamento ocorreu na manhã de oito de dezembro, em Roma. Gianfranco Molle era cantor, compositor, poeta e instrumentista. Foi um dos primeiros a fazer música popular engajada politicamente no meio esperantista. Nos anos 70, fez parcerias com renomados autores da Língua Internancional Neutra, como Renato Corsetti, Marcella Fasani, Susanna Castelviva e outros, num movimento que ficou conhecido como Escola Romana. Não foram divulgadas as causas o óbito. 

 

Um giro pelo movimento esperantista:

 

  • Entre 26 de fevereiro e oito de março acontece o 13º Encontro Internacional de Esperanto do Himalaia.
  • Esperantistas evangélicos de diversas denominações vão realizar, de 27 de fevereiro a três de março, em Mogúncia, na Alemanha, mais uma edição dos Dias Bíblicos.
  • Mais de 2900 pessoas já curtiram a página Esperanto Ilustrita no Facebook.
  • A revista Cultura Espírita, publicada pelo Instituo de Cultura Espírita do Brasil, apresenta, a cada mês, uma página em esperanto.
  • A Legião da Boa Vontade (LBV) publicou em esperanto os artigos “O papel dos meios de comunicação na prevenção ao suicídio” e “Como evitar o suicídio”.
  • A Liga Brasileira de Esperanto vem incentivando os esperantistas do país a participar do Concurso de Belas Artes da Associação Universal de Esperanto, que vai distribuir prêmios que variam de 100 a 500 euros.
  • A editora Esprima, de São Paulo, lançou no mercado uma série de minilivros clássicos da literatura esperantista.
Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado