pteneofrdeites

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -
::cck::290::/cck::
::introtext::::/introtext::
::fulltext::

     Ainda me lembro do nosso primeiro editorial e hoje estou escrevendo neste aqui pela centésima vez de forma ininterrupta.

     É uma satisfação muito grande poder falar dos inúmeros artigos que foram publicados neste periódico; de lembrar de colaboradores que não estão mais conosco, de recordar os encontros para nossas pautas; das escolhas e análises dos artigos para levar até você, amigo leitor, motivo maior de nossa existência, as maravilhas desta doutrina de fato consoladora, que esclarece pontos escuros que somente o espiritismo pode esclarecer, sobretudo os valores maiores que regem a vida no universo infinito.

     Enfim, escrever pela centésima vez nos enche de esperanças e nos fortalece cada vez mais na busca do aprimoramento deste trabalho que está apenas começando.

     Coincidentemente na mesma data do nascimento do ínclito codificador do espiritismo, também nascia o Jornal Correio Espírita em 03 de outubro de 2004. Desejamos um feliz aniversário ao Jornal que continua firme no propósito de divulgar a pureza doutrinária.

     Nesta edição, nosso articulista Dr. Américo Nunes aborda as maravilhas da lei do amor com citações e passagens evangélicas interpretadas à luz da razão. Apresentamos também diversas reencarnações de personagens bíblicos destacando os efeitos da mediunidade que durante muito tempo foi um mistério, até que chegou o espiritismo para de fato esclarecer todos os fenômenos de natureza mediúnica.

     E por falar em mediunidade você lerá outro artigo abordando as reuniões de materializações que por tempos fez muito cético se curvar diante da verdade espírita.

     E não poderia deixar de citar o excelente artigo do nosso colunista Gilberto Lepenisck, que abordou a trajetória de Allan Kardec com muita sabedoria e riqueza de detalhes que nos aguçam a cada dia a vontade de estudar mais sobre esse homem que esteve à frente de seu tempo.

     Salve Allan Kardec!

::/fulltext:: ::cck::290::/cck::
Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta